Publicado por: vanuzacolombo | 1 de janeiro de 2013

Pastoral de Casais em Segunda União – Ibitinga SP

Pastoral de Casais em  Segunda União

de Ibitinga-SP

Paróquia Matriz Santa Tereza

Pe. Moacir

CARTA – CONVITE

Prezados Casais em Segunda União Estável

Paz e Bem,

Assunto: Encontro Paroquial Evangelizador

Nossa Paróquia, por meio de sua Pastoral Familiar, Setor Pastoral de Casais em Segunda União, promoverá, no dia 11 de Fevereiro de 2013, Encontro de Casais em Segunda União, no Salão Paroquial de nossa Matriz, com início às 20:00 horas e término previsto para às 21:00 horas.

Os objetivos do Encontro são:

1-     O acolhimento dos casais pela Igreja.

2-     O oferecimento de uma experiência de fé e vida comunitária.

3-     A formação de grupos, preferencialmente com o máximo de cinco casais, para sua inserção e participação na nossa comunidade paroquial.

A caminhada dos grupos é sempre acompanhada por um Casal Piloto, também em segunda união, já preparado para esta função de orientação e doação, dentro do que a condição de segunda união pode dentro da Palavra de Deus.

Em nossa secretaria também se encontra a FICHA DE INSCRIÇÂO, que poderá ser reproduzida na quantidade necessária para os casais interessados. Elas deverão ser preenchidas e devolvidas até 30 de Junho de 2013 na própria secretaria.

Publicado por: vanuzacolombo | 31 de dezembro de 2012

Os números de 2012

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2012 deste blog.

Aqui está um resumo:

The new Boeing 787 Dreamliner can carry about 250 passengers. This blog was viewed about 1.700 times in 2012. If it were a Dreamliner, it would take about 7 trips to carry that many people.

Clique aqui para ver o relatório completo

Publicado por: vanuzacolombo | 13 de maio de 2011

3º Segredo de Fátima – Nossa Senhora de Fátima

A terceira parte do segredo revelado na Cova da Iria-Fátima, em 13 de julho de 1917. 

A polêmica terceira parte nos pede:
Oração, Penitência e Conversão.

 

Depois das duas partes que já expus, no lado esquerdo de Nossa Senhora um pouco mais acima, viu um anjo com uma espada flamejante em sua mão esquerda, a piscar, despedia chamas que parecia que eles iriam colocar o mundo em fogo, mas eles desapareceram em contato com o esplendor que Nossa Senhora irradiava para ele de sua mão direita: apontando para a Terra com sua mão direita, o anjo gritou em alta voz: Penitência, Penitência, Penitência! ’. E vimos numa luz imensa que é Deus: “algo semelhante a como as pessoas n’um espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de Branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre». Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo (cume) da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fôra de sobreiro com a casca, antes de chegar aí, o Santo Padre passou por uma grande metade da cidade em ruínas, e meio tremulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e tristeza, ele orou pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho, tendo atingido o topo da montanha, de joelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que dispararam vários tiros e setas para ele, e da mesma forma que morreram um após o outro os outros Bispos, Sacerdotes, Religiosos e Religiosas e várias pessoas seculares de classes e posições. Sob os dois braços da Cruz estavam dois Anjos cada um com um regador de cristal na mão, na qual eles recolhiam o sangue dos Mártires e com ele regavam as almas que estavam fazendo o seu caminho para Deus.

E assim chegamos à questão final: Qual é o significado do “segredo” de Fátima como um todo (em suas três partes)? O que dizer para nós? Antes de tudo devemos afirmar com o Cardeal Sodano: “… os acontecimentos a que a terceira parte do «segredo» de Fátima pareçam pertencer já do passado “. Na medida em que os eventos individuais são representados, pertencem ao passado. Quem estava à espera de impressionantes revelações apocalípticas sobre o fim do mundo ou o futuro desenrolar da história são obrigados a se decepcionar. Fátima não satisfaz a nossa curiosidade, desta forma, assim como a fé cristã em geral não pode ser reduzido a um objeto de mera curiosidade. O que resta já era evidente quando começamos nossas reflexões sobre o texto do “segredo” é a exortação à oração como caminho para a «salvação das almas” e, igualmente, o apelo à penitência e à conversão.

Finalmente, gostaria de mencionar uma outra palavra-chave do «segredo» que justamente se tornou famosa: «O meu Imaculado Coração triunfará“. O que isso significa? O coração aberto a Deus, purificado pela contemplação de Deus, é mais forte que as pistolas e armas de todo tipo. O fiat de Maria, a palavra do seu coração, mudou a história do mundo, pois trouxe o Salvador ao mundo, porque, graças ao seu Sim, Deus pôde tornar-se homem em nosso mundo e assim permanece durante todo o tempo. O maligno tem poder neste mundo, como nós vemos e experimentamos continuamente; tem poder, porque a nossa liberdade se deixa continuamente desviar de Deus. Mas desde que o próprio Deus assumiu um coração humano e deste modo orientou a liberdade do homem para o que é bom, a liberdade de escolher o mal já não tem a última palavra. Daquele tempo em diante, a palavra que prevalece é esta: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo“ (Jo 16,33). A mensagem de Fátima convida a confiar nesta promessa.

JosephCard. Ratzinger 
Prefeito da Congregação 
para a Doutrina da Fé


Publicado por: vanuzacolombo | 13 de maio de 2011

2º Segredo de Fátima – Nossa Senhora de Fátima.

Conversão e a consagração da Rússia ao meu Imaculado Coração

Vistes o inferno, onde as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. Se o que eu digo que é feito, muitas almas serão salvas e haverá paz. A guerra vai acabar, mas se as pessoas não deixarem de ofender a Deus, um pior vai sair durante o Pontificado de Pio XI. Quando virdes uma noite alumiada por uma luz desconhecida, saibam que este é o grande sinal dado por Deus que ele está prestes a punir o mundo de seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para evitar isso, virei pedir a consagração da Rússia ao meu Imaculado Coração e a Comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se os meus pedidos forem atendidos, a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja.Os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas. No fim, o Meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre me consagrará a Rússia, e ela deve ser convertida, e um período de paz será concedido ao mundo “(7).

Para alcançar este objetivo, é indicado de modo surpreendente para pessoas originárias do anglo-saxão e alemão cultural no mundo a devoção ao Imaculado Coração de Maria. Um breve comentário poderá ser suficiente para explicar isso. Na linguagem bíblica, o “coração” indica o centro da vida humana, o ponto onde a razão, vai, temperamento e sensibilidade, onde a pessoa encontra a sua unidade e orientação interior. De acordo com Mateus 05:08, o «coração imaculado» é um coração que, com a graça de Deus, chegou a uma perfeita unidade interior e, consequentemente, «vê a Deus”. Para ser “dedicado” ao Imaculado Coração de Maria significa, portanto, para abraçar esta atitude do coração, o que torna o fiat – “Vossa vontade seja feita”, define o centro de toda a vida. Pode-se objetar que não se deve colocar um ser humano entre nós e Cristo. Mas, então, lembrar que Paulo não hesitou em dizer às suas comunidades: “me imitar” (1 Coríntios 4:16; Fl 3:17; 1 Ts 1:06; 2 Ts3:7, 9). No Apóstolo, elas podem ver concretamente o que significa seguir a Cristo. Mas com quem poderemos nós aprender sempre melhor do que com a Mãe do Senhor?

Fonte: Tarcisio Bertone, SDB 
Arcebispo emérito de Vercelli 
Secretário da Congregação para a Doutrina da Fé

Publicado por: vanuzacolombo | 13 de maio de 2011

1º Segredo de Fátima – Nossa Senhora de Fátima

A primeira parte é a visão do inferno.

Nossa Senhora mostrou-nos um grande mar de fôgo que parcia estar debaixo da terra.Mergulhados nesse fogo os demônios e as almas em forma humana, como se fossem brasas transparentes e negras, ou bronzeadas, que flutuavam no incêndio, agora colocadas no ar pelas chamas que delas mesmas saíam juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados como faíscas de um enorme incêndio, sem peso nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de dor e desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor. Os demônios distinguiam-se por sua semelhança assustadora e repugnante de animais espantosos e desconhecidos, mas transparentes e negros. Esta visão durou apenas um instante. Como podemos ser gratos o suficiente para a nossa boa Mãe do Céu, que antes nos tinha prevenido com a promessa de, na primeira aparição, para nos levar ao céu. Caso contrário, acho que teríamos morrido de susto e terror.

Por um momento terrível, as crianças receberam uma visão do inferno. Viram a queda das «almas dos pobres pecadores”. E agora eles dizem por que eles foram expostos a este momento: “a fim de salvar as almas”, para mostrar o caminho da salvação. As palavras da Primeira Carta de Pedro vir à mente: “Como o resultado da sua fé de obter a salvação das vossas almas” (1:9)

Fonte: Tarcisio Bertone, SDB 
Arcebispo emérito de Vercelli 
Secretário da Congregação para a Doutrina da Fé

Nós, Bispos do Brasil em Assembleia Geral, nos dias 4 a 13 de maio, reunidos na casa da nossa Mãe, Nossa Senhora Aparecida, dirigimo-nos a todos os fiéis e pessoas de boa vontade para reafirmar o princípio da instituição familiar e esclarecer a respeito da união estável entre pessoas do mesmo sexo. Saudamos todas as famílias do nosso País e as encorajamos a viver fiel e alegremente a sua missão. Tão grande é a importância da família, que toda a sociedade tem nela a sua base vital. Por isso é possível fazer do mundo uma grande família.

A diferença sexual é originária e não mero produto de uma opção cultural. O matrimônio natural entre o homem e a mulher bem como a família monogâmica constituem um princípio fundamental do Direito Natural. As Sagradas Escrituras, por sua vez, revelam que Deus criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança e os destinou a ser uma só carne (cf. Gn 1,27; 2,24). Assim, a família é o âmbito adequado para a plena realização humana, o desenvolvimento das diversas gerações e constitui o maior bem das pessoas.

As pessoas que sentem atração sexual exclusiva ou predominante pelo mesmo sexo são merecedoras de respeito e consideração. Repudiamos todo tipo de discriminação e violência que fere sua dignidade de pessoa humana (cf. Catecismo da Igreja Católica, nn. 2357-2358).

As uniões estáveis entre pessoas do mesmo sexo recebem agora em nosso País reconhecimento do Estado. Tais uniões não podem ser equiparadas à família, que se fundamenta no consentimento matrimonial, na complementaridade e na reciprocidade entre um homem e uma mulher, abertos à procriação e educação dos filhos. Equiparar as uniões entre pessoas do mesmo sexo à família descaracteriza a sua identidade e ameaça a estabilidade da mesma. É um fato real que a família é um recurso humano e social incomparável, além de ser também uma grande benfeitora da humanidade. Ela favorece a integração de todas as gerações, dá amparo aos doentes e idosos, socorre os desempregados e pessoas portadoras de deficiência. Portanto têm o direito de ser valorizada e protegida pelo Estado.

É atribuição do Congresso Nacional propor e votar leis, cabendo ao governo garanti-las. Preocupa-nos ver os poderes constituídos ultrapassarem os limites de sua competência, como aconteceu com a recente decisão do Supremo Tribunal Federal. Não é a primeira vez que no Brasil acontecem conflitos dessa natureza que comprometem a ética na política.

A instituição familiar corresponde ao desígnio de Deus e é tão fundamental para a pessoa que o Senhor elevou o Matrimônio à dignidade de Sacramento. Assim, motivados pelo Documento de Aparecida, propomo-nos a renovar o nosso empenho por uma Pastoral Familiar intensa e vigorosa.

Jesus Cristo Ressuscitado, fonte de Vida e Senhor da história, que nasceu, cresceu e viveu na Sagrada Família de Nazaré, pela intercessão da Virgem Maria e de São José, seu esposo, ilumine o povo brasileiro e seus governantes no compromisso pela promoção e defesa da família.

Aparecida (SP), 11 de maio de 2011

Dom Geraldo Lyrio Rocha
Presidente da CNBB
Arcebispo de Mariana – MG

Dom Luiz Soares Vieira
Vice Presidente da CNBB
Arcebispo de Manaus – AM

Dom Dimas Lara Barbosa
Secretário Geral da CNBB
Arcebispo nomeado para Campo Grande – MS

FATIMA, 01 Mai. 11 / 12:09 pm (ACI)

A Sala de Imprensa do Santuário de Fátima informou neste domingo (1) que no lugar tão querido pelo novo beato João Paulo II vive-se hoje um momento particular alegria. As celebrações incluíram orações, uma especial Eucaristia presidida pelo bispo emérito de Portalegre-Castelo Branco, Dom Augusto César e um concerto musical em homenagem ao Papa Peregrino.

Desde manhã cedo, à chegada ao Santuário, os peregrinos rumam à Capelinha das Aparições, especialmente ornamentada com as muitas flores ali deixadas, e, ontem e hoje em especial, até junto da estátua de João Paulo II no adro da Igreja daSantíssima Trindade, também singularmente ornamentada com uma floreira e um tocheiro.

A ladear o altar do Recinto de Oração em plano recuado, várias telas evocam as peregrinações de João Paulo II a Fátima, em Maio de 1982, 1991 e 2000, e outros símbolos da sua devoção a Nossa Senhora, como uma imagem de pormenor da coroa de Virgem que tem incrustada a bala oferecida pelo Sumo Pontífice a Nossa Senhora.

Assim como nas habitações e estabelecimentos comerciais por toda a cidade de Fátima, também no Recinto de Oração, impressa numa das grandes telas, uma frase é dirigida ao novo beato da Igreja: “Beato João Paulo II, rogai por nós”.

Uma  estampa distribuída ao longo da manhã de hoje nas principais entradas do Recinto reitera esta frase e lembra a oração proferida na sua primeira peregrinação a Fátima: “Bendita sois vós! Bendito o fruto do vosso ventre, Jesus! Ave, cheia de graça, Mãe de deus e Mãe nossa! No cumprimento da vossa profecia, Senhora, aqui, ao ingressar neste vosso solar de Fátima, e ao saudar-Vos, Mãe querida, permiti-me usar as palavras que nos ensinastes, para clamar diante dos irmãos: «A minha alma glorifica o Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador!»”.

No final da Eucaristia, após a exibição de uma gravação áudio em que se ouviram as palavras do Papa, proferidas na sua saudação inicial em 1982, os peregrinos presentes puderam rezar com o Papa a oração impressa na pagela.

“A Igreja comove-se de gratidão. Olhando para a beatificação de João Paulo II. (…) Esta beatificação corresponde também à fé e ao pressentimento da multidão que tomava parte ‘adeus’ final (o enterro) gritando deste modo: “Santo, súbito! (Santo, já!) ”, destacou D. Augusto César que presidiu à Eucaristia celebrada às 11:00 e em que participaram largos milhares de peregrinas, em especial portugueses e de Espanha, mas também oriundos de outros países como a Alemanha, a Correia do Sul, Itália (5 grupos), Irlanda e Líbano.

Ainda no momento da homilia, o bispo emérito de Portalegre-Castelo Branco lembrou as palavras proferidas por João Paulo II no início do seu pontificado – “Não tenhais medo”, para lembrar que a exortação continua actual neste momento de crise que o Mundo vive.

“Agora, uma pergunta: as perguntas de acima: Não tenhais medo, também terão lugar, nesta crise de âmbito económico? Sim, embora não possam fazer muito. Porquê? Porque o mais grave da crise não é o económico; é, antes, a falta de verdadeiros valores que são olhados com indiferença, a ponto de prejudicar as pessoas, de causar ruptura nas famílias e de desfigurar a sociedade”, disse.
“Com efeito, quando muitos sofrem e alguns azedam, fazem sofrer mais ainda”, acrescentou D. Augusto César.

Concerto musical

Esta tarde (1 de Maio), a partir das 16:00, na Basílica de Nossa Senhora do Rosáriode Fátima, tem lugar um concerto-memória dedicado ao Beato João Paulo II.

São intérpretes o Grupo Coral AdesbaChorus (Barreira, Leiria) e uma Orquestra de Cordas. Ao órgão: João Santos; nos tímpanos: Tiago Cordeiro, sob a direção de Jorge Narciso e de Rita Pereira.

Totus Tuus” – Sendo este o lema de João Paulo II e tendo sido este o hino de uma das suas peregrinações a Fátima, o concerto terminará com o “Totus tuus Maria”, de A. Cartageno.

As entradas são livres e gratuitas.

MADRI, 06 Abr. 11 / 03:13 pm (ACI)

O Pe. Ignasi Fuster, pároco da igreja Sant Celoni, Barcelona (Espanha), renunciou “por razões morais” a vice-presidência da junta do Patronato do Hospital Sant Celoni, devido à distribuição da pílula do dia seguinte e a prática de esterilizações masculinas (vasectomias) nesse centro.

O sacerdote declarou à agência em espanhol do grupo ACI, a ACI Prensa, no último 18 de março que sua renúncia foi “depois de uma tentativa de diálogo, de conversações, de luta”.

“Ao final não foi possível e por razões de consciência me amparando na liberdade ideológica e religiosa reconhecida na Constituição espanhola apresentei a demissão” em 10 de março, acrescentou.

O sacerdote explicou que como pároco de Sant Celoni lhe correspondia a vice-presidência do patronato do hospital. Ele indicou que ao descobrir que se realizavam atos contrários à vida, tentou mudar as coisas mediante o diálogo.

Entretanto, “chega um momento onde tudo se vê muito difícil (…). Então começo a alegar objeção de consciência, demito. Demito à junta”.

“Eu em todo este tempo me comuniquei com a Diocese de Terrassa e sobre se me apoiaram ou não, prefiro não declarar”, assinalou.

A ACI Prensa tentou comunicar-se com a Diocese de Terrassa para conhecer sua postura sobre a renúncia do Pe. Fuster, sem obter resposta até o fechamento desta edição.

FATIMA, 01 Abr. 11 / 06:39 pm (ACI)

Na noite de 30 de Abril, às 20:00 de Lisboa, numa organização do Vicariato de Roma, o mundo vai unir-se em oração para preparar-se para a beatificação do Papa Peregrino, João Paulo II.

Intitulada “Totus Tuus – Vigília de Oração em preparação da beatificação de João Paulo II”, a iniciativa terá um forte impacto, uma vez que juntará cinco lugares diferentes, através da televisão:

– a Basílica de Guadalupe, no México;
– o Santuário de Kawekamo, na Tanzânia;
– o Santuário de Fátima; em Portugal
– Cracóvia, na Polônia;
– o Santuário de Nossa Senhora do Líbano, em Beirute.

Em cada uma destas cidades será recitado um mistério do Rosário, difundido em tempo real pelo Centro Televisivo do Vaticano para todo o mundo.

Em Roma, a partir do Circo Massimo, presidirá à vigília o Cardeal Agostino Vallini, vigário de Sua Santidade para a Diocese de Roma.

O Santuário de Fátima acolheu com muita alegria o convite para esta oração, porque será mais um momento para lembrar e homenagear João Paulo II.

A Capelinha das Aparições foi o local escolhido para a ligação com Fátima. Deste lugar será possível acompanhar, através de ecrãs televisivos instalados para a ocasião, todo o Rosário.

D. Augusto César, bispo emérito de Portalegre Castelo Branco, presidirá em Fátima a este momento.

Em Portugal, ainda que a grande celebração nacional de acção de graças pela beatificação de João Paulo II esteja marcada para 13 de Maio, em Fátima, o Santuário pretende viver em ambiente de festa e de acção de graças o próprio dia da beatificação, 1 de Maio.

O Santuário lembrará o Papa que “peregrino entre os peregrinos” aqui esteve por três vezes e que, nas palavras do Reitor do Santuário, deu à mensagem de Fátima “uma dimensão eclesial e universal”.

Assim, este lugar vestir-se-á de festa para “agradecer o dom de João Paulo II à Igreja e à humanidade”, afirma o P. Virgílio Antunes.

Preside à peregrinação aniversária de Maio o Cardeal de Boston, D. Sean O’ Malley. Até ao final da manhã de hoje, 54  grupos de peregrinos, oriundos de 17 países, tinham-se anunciado no Serviço de Peregrinos (SEPE) do Santuário como participantes na Eucaristiaprincipal da peregrinação.

Publicado por: vanuzacolombo | 29 de março de 2011

Filipinas rechaça lei de saúde reprodutiva e aborto

MANILA, 29 Mar. 11 / 12:20 pm (ACI)

A Câmara de Representantes das Filipinas acaba de rechaçar a controvertida lei de saúde reprodutiva, que promovia a difusão massiva de anticoncepcionais e da pílula abortiva do dia seguinte.

Este projeto também estabelecia que o tamanho ideal de uma família é de dois filhos. Para consegui-lo, a medida legislativa contemplava a criação de um escritório demográfico local em cada município.

Conforme informa ChristianNewsWire, esta polêmica normatiza -rechaçada desde sua apresentação pelos Bispos das Filipinas por sua perspectiva anti-vida – era apoiada por diversas ONGs ocidentais que queriam passá-la durante o “Mês Nacional das Mulheres”.

De acordo às normas filipinas, este projeto poderia apresentar-se novamente na seguinte sessão que começa em maio.

Sobre este rechaço à lei de saúde reprodutiva, o diretor nas Filipinas do Human Life International, Rene Bullecer, assinalou que “todas as ONGs enriquecidas que viram isto (o “Mês Nacional das Mulheres”) como sua melhor oportunidade para aprová-la, estão desalentadas por não terem uma maioria neste país pró-vida e pró-família”.

“Gastaram centenas de milhões de dólares, mas não foram capazes de derrotar o poder da verdade e da oração. Entretanto, sabemos que não se darão por vencidos e que seus bolsos não têm fim, por isso agora temos muito a fazer antes que comece a seguinte sessão”.

Por sua parte, o diretor interino da HLI, Dom Ignacio Barreiro-Carámbula, assinalou a respeito que “a arrogância das elites estéreis ocidentais buscando dizer aos filipinos como serem ‘pais responsáveis’ é verdadeiramente surpreendente”.

“Mas os cristãos estão unidos contra a lei. A Igreja Católica aprecia a forte liderança dos bispos e sacerdotes. Percebem o que significa esta ameaça mortal da lei de saúde reprodutiva para suas famílias. Quanto mais a gente sabe no que consiste, mais oposta se mostra”.

Finalmente disse que “definitivamente esta é uma vitória para a vida e a família, mas é apenas temporal, não é o fim da guerra. Nós seguiremos trabalhando contra este projeto destrutivo”.

Dias atrás, o Arcebispo de Manila, Cardeal Gaudencio Rosales, tinha afirmado que “esta lei é uma ameaça à vida porque a vida já está aí no ventre materno. O uso de anticoncepcionais ameaça uma vida que já começou. A Igreja de Filipinas, igual à cultura filipina, está a favor da vida humana e da família, acima de qualquer outra coisa”.

“Qualquer um que conheça a cultura de nosso país assim como a cultura cristã nas Filipinas poderá dizer que a família é um dos setores mais importantes na sociedade e qualquer ataque contra ela vai ter a resposta da Igreja. Há coisas que não são negociáveis quando falamos de família”, afirmou.

Older Posts »

Categorias